Estará a monogamia a cair em desuso?

Desde há muitos anos para cá que a monogamia era a forma preferida de relacionamento entre as pessoas.

Contudo, a verdade é que se olharmos para o passado remoto (na era egípcia e romana por exemplo) e se olharmos para a atualidade, a mesma já não é vista com os mesmos olhos.

Estaremos então a voltar aos tempos de antigamente em que a poligamia era aceite pela sociedade e era algo comum?

A falsa monogamia dos tempos modernos

Longe vai o tempo em que num relacionamento dito normal, era comum que a mulher ficasse em casa e o homem tivesse pelo menos uma amante em algum local (sendo que esta relação extraconjugal era conhecida da mulher).

Hoje em dia, existe ainda monogamia (até porque muitos casais ditos tradicionais, não se envolvem com ninguém fora do casamento, mantendo-se fiéis aos seus parceiros), mas é cada vez menos frequente um dos membros do casal não ter pelo menos um amante.

Contudo, com os relacionamentos abertos (que apelam cada vez mais à poligamia) esta questão está a tornar-se cada vez mais debatida.

Será então que a monogamia está a cair em desuso? Se sim, quais os motivos?

Pois bem, a verdade é que sim, cada vez mais as pessoas querem ser “livres” e fazerem o que quiserem sem ter de dar explicações a ninguém.

Conheça de seguida os principais motivos para a poligamia estar cada vez mais na moda.

1 – Garante uma maior liberdade sexual

Quando falamos de monogamia, falamos de um casal que para o bem e para o mal, está junto em todas as situações.

Contudo, a nível sexual, a verdade é que nem todos têm os mesmos desejos e fetiches, e muitas vezes a líbido acaba desencontrada (seja por stress, por excesso de trabalho…) levando a que a vida sexual seja quase inexistente.

Desta forma, recorrer a outras pessoas para ter prazer, começa a ser algo frequente, sendo que para muitas pessoas, mais vale assumir um relacionamento aberto, em que podem estar com quem quiserem, do que ter um relacionamento monogâmico em que acabam por trair.

2 – Inviabiliza traições

Se considerarmos que a palavra traição designa “o ato de trair e significa uma falta de lealdade, quebra de fidelidade e confiança, podendo a mesma ser masculina ou feminina, no caso de infidelidade no amor, que acontece no caso do casamento ou namoro”, ao ter um relacionamento aberto isso não irá acontecer.

O principal motivo, é que ambos sabem realmente que a relação em que estão, permite que possam estar com outras pessoas a nível sexual, sem que haja o envolvimento de qualquer outro tipo de sentimento que não o prazer.

Como vê, a poligamia (ou pelo menos a sua versão de relacionamento aberto) está muito mais na moda do que a monogamia, que implica que uma pessoa tenha apenas um companheiro para toda a vida, ou pelo menos durante grandes períodos temporais.

Lembre-se que independentemente do tipo de amor que procura, o mais importante é ser feliz, não devendo por isso ligar aos estereótipos da sociedade moderna.


Deixar resposta


Centro de Suporte

Está a ter problemas ao criar a sua conta? Se está com este ou outros problemas deixe-nos ajuda-lo, tentaremos resolver o mais rápido possível.

Enviar Ticket
ENTRE NA SUA CONTA CRIAR UMA NOVA CONTA
×
CRIAR CONTA JÁ TEM UMA CONTA?
×
ESQUECEU-SE DOS SEUS DADOS?
×

Go up

X
- Enter Your Location -
- or -