Como saber se é amor ou paixão o que está a sentir?

Uma das perguntas que as mulheres mais fazem quando começam a sentir algo por um homem é “será que é amor ou paixão?”.

Como é óbvio, não existe nenhuma resposta universal que possa ser válida para todas as mulheres, no entanto, podemos dar-lhe algumas dicas que a podem ajudar a descobrir o que é que está a sentir.

Veja-as de seguida.

Será amor ou paixão o que sente?

A verdade é que o amor pode surgir de uma paixão avassaladora, contudo, a paixão em si não é de todo amor.

Assim sendo, é importante que perceba algumas das principais diferenças.

1 – É preciso conhecimento

Ninguém pode dizer que ama outra pessoa ao final de um mês de relacionamento (e se lhe disserem isso, não acredite).

Para poder amar alguém, é preciso que se conheçam bem, que saibam quais as imperfeições um do outro, os hábitos (bons e maus) e perceber se consegue acima de tudo aceitar as imperfeições que fazem da outra pessoa quem ela é.

É deste conhecimento que nasce o amor. É saber que mesmo estando zangada por algum motivo, continua a ser aquela a pessoa com quem quer passar a sua vida.

2 – Aceitação

Uma das principais diferenças entre o amor ou paixão é a aceitação.

Quando se ama, aceita-se a pessoa como ela é mesmo sabendo (quase) todas as suas imperfeições. Quando falamos de paixão, falamos apenas da aceitação do que se gosta na outra pessoa.

O amor, é algo que é construído a dois, todos os dias, durante uma vida. Só ao final de algum tempo é que se consegue sentir na sua plenitude.

3 – Muito mais do que atração

A atração física também não é amor. É possível ficar atraída por qualquer homem que veja na rua sem sequer ter falado com ele.

Embora o amor possa crescer através de uma atração, a verdade é que só a proximidade e cumplicidade vão fazer com que alcance o verdadeiro amor.

Ou seja, tem de passar a fase do encanto, da paixão e das borboletas na barriga, para saber que é amor o que está a sentir.

4 – É não querer mudar o outro

Amor é aceitar o outro tal como ele é. É não querer trocar todos os defeitos que ele tem por qualidades que você acha que são necessárias.

Quem ama verdadeiramente, aprendeu a aceitar as pequenas imperfeições do dia a dia, fazendo com que as mesmas sejam por vezes a imagem de marca da outra pessoa.

Acredite, ninguém é perfeito!

Agora que já sabe como distinguir o amor ou paixão, pondere seriamente antes de dizer “amo-te” a qualquer pessoa ou acreditar sempre que lhe dizem que a amam.


Deixar resposta


Centro de Suporte

Está a ter problemas ao criar a sua conta? Se está com este ou outros problemas deixe-nos ajuda-lo, tentaremos resolver o mais rápido possível.

Enviar Ticket
ENTRE NA SUA CONTA CRIAR UMA NOVA CONTA
×
CRIAR CONTA JÁ TEM UMA CONTA?
×
ESQUECEU-SE DOS SEUS DADOS?
×

Go up

X
- Enter Your Location -
- or -